TOMBAMENTO

O Edifício-Monumento (Museu do Ipiranga) é patrimônio cultural tombado nas três esferas públicas.

O tombamento federal, Processo 1348-T95, de 26/06/1998 está inscrito no Livro Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico, vol. 1, folhas 84 e 85, inscrição 116,; no Livro Histórico, vol. 2, folhas 33 a 35, inscrição 546 e no Livro das Belas Artes, vol. 2, folhas 32 e 33, inscrição 610. O Iphan tombou o conjunto do Ipiranga composto especialmente pelo prédio onde funciona o Museu Paulista, inclusive seus jardins fronteiros e os bosques que o circundam; pelo Monumento à Independência e pela Casa do Grito, e o Parque da Independência onde está situado o referido conjunto. As coleções do Museu do Ipiranga foram tombadas pelo Sphan em 1938. Processo 0139-T-38, Livro Belas Artes v. 1, n.. inscr. 27, folha 7 em 15/04/1938.

O tombamento estadual de número 08486/69, data de 02/04/1975.

O tombamento pelo Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo) foi realizado pela Resolução 05/91 DE 05/04/1991, tombamento “ex-officio”, “85) Coleção arqueológica, Etnográfica e Histórica do Museu Paulista da USP - Parque. da Independência s/no ; 86) Coleção Artística do Museu Paulista da USP - Parque da Independência, s/no”.

VOLTAR